A Bela e o Mostro

Após a Malásia, o novo filme da Disney encontra problemas noutro país muçulmano.

"A Bela e o Monstro" foi suspenso ao fim de quatro dias de exibição no Kuwait, o filme estava em exibição no país, predominantemente muçulmano, desde quinta-feira.

Quem já tinha adquirido bilhetes para segunda-feira recebeu uma mensagem de texto da Cinescape a informar que as sessões tinham sido canceladas devido a "dificuldades imprevistas".A decisão foi tomada após as preocupações dos censores com alguns conteúdos do filme.

Embora não seja oficial, a versão em imagem real do clássico da animação está envolvida em polémica por apresentar  o primeiro "momento exclusivamente gay" num filme da Disney. Ele envolve a personagem LeFou (Josh Gad) e os seus sentimentos por Gaston (Luke Evans).

Um membro da administração da Cinescape, que tem 11 dos 13 multiplexes do país, e 56 salas, disse à agência Associated Press esperar que uma nova versão, "editada", possa regressar às salas no final desta semana.

Essa intenção pode chocar com a própria Disney, que recusou fazer cortes na Malásia e acabou por fazer valer a sua posição junto das autoridades desse país também de maioria muçulmana.

 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub