logotipo tiver futuro

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

cachorro quente

 Bom, cachorro quente, hambúrguer entre outros fast food, de vez em quando, não caem mal, porém sempre há que ver os benefícios e os malefícios que esses tipos de comida trazem para a saúde. Afinal, uma alimentação saudável é crucial para a vida das pessoas.

O cachorro quente é uma das comidas preferidas das pessoas. Tanto pelo sabor incrível quanto pela praticidade e preço, e é um prato muito apreciado e tem uma grande procura. Caminhando por grandes capitais, podemos encontrar diversos trailers vendendo o alimento das mais diversas formas e com vários recheios. Mas você já parou para se perguntar o quanto isso pode trazer de benefício ou malefício para sua vida? Se você não sabe, a carne processada pode fazer muito mal para a saúde, principalmente entre as mulheres e tudo isso pode ser comprovado com estudos. Um estudo foi publicado pela revista The European Journal os Câncer Fornece e isso deixou muitas pessoas que o leram com um pé atrás. A pesquisa relacionou o consumo exagerado desse alimento com o aumento  de pessoas com câncer de mama. Uma análise feita em mais de 260 mil mulheres pelo Instituto de Saúde e Bem-Estar da Universidade de Glasnow (Reino Unido) descobriu que o câncer de mama é mais provável nas mulheres que consomem pelo menos 9 gramas de carne processada por dia. Isso equivale a duas salsichas por semana. Com isso podemos perceber que o malefício é muito sério.

O consumo de carnes processadas

As carnes processadas são aquelas modificadas para se tornarem mais saborosas ou prolongar a sua vida útil. Salsichas, bacon e mortadela são exemplos desse tipo de alimento. Embora gostemos muito de apreciar esse sabor, eles não trazem muitas coisas boas para o nosso organismo, por isso tenha cautela e moderação no consumo desses alimentos. Em 2015, a organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou após um estudo feito que as carnes processadas aumentam o risco de câncer de colorretal.

Um estudo posterior feito em 262.195 mulheres entre 49 e 69 anos confirmou o aumento de câncer de mama. Os pesquisadores ainda estudaram a carne vermelha e a taxaram como cancerígena para o ser humano. No total, 4.819 mulheres foram diagnosticadas com câncer de mama durante o período de 7 anos de estudo. Em comparação às mulheres que tiveram menor ingestão de carnes processadas, aquelas que consumiam constantemente tiveram um risco 21% maior. Eles identificaram o aumento de 9% da doença nas mulheres após a menopausa graças ao alimento.

 

Fonte: Fatos curiosos

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub