logotipo tiver futuro

 

 

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

 

 MAA desmente denúncias feitas ao delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente

No âmbito das acusações feitas pelos agricultores e criadores de gado na ilha Brava ao delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) de usar meios públicos em benefício próprio, a Diretora do Gabinete do MAA, Ethel Rodrigues, desmentiu as acusações feitas ao delegado realçando não existir qualquer facto que configure à prática de crime de corrupção, nem na sua forma passiva nem ativa.

Após as denúncias feitas ao delegado do MAA, alguns instrutores deslocaram à ilha Brava, no sentido de se apurar os factos constantes do artigo publicado pela Inforpress. De acordo com Diretora do Gabinete do MAA, Ethel Rodrigues, não se verificou a existência de nenhuma horta, propriedade do Delegado que indicie a prática de agricultura para exploração e comercialização entre outras acusações. Verificou sim um espaço verde atrás da delegação do MAA, onde também fica a residência do Delegado que para além de plantas ornamentais possui também cultivos hortícolas e fruteiras. O abastecimento de água provém da rede pública contrariamente ao alegado pelo artigo, acrescenta.        

Ainda durante a averiguação feita pelos instrutores, a diretora destacou que nunca houve qualquer denúncia dos agricultores e criadores de gado da ilha Brava, que deu entrada no MAA, acrescentando que o beneficiário Boaventura Tavares de Pina “Bobby”, nunca teve qualquer conversa com órgãos da comunicação social que diz respeito a esse assunto, porém o mesmo confirmou que vendeu as galinhas ao Delegado do MAA, com também a outras pessoas da ilha da Brava.

É neste sentido que Ethel Rodrigues concluiu que não existe qualquer facto praticado pelo Delegado do MAA na Brava, que configure à prática de crime de corrupção, nem na sua forma passiva nem ativa.

 

 

 

 

Redação

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub