logotipo tiver futuro

 

 

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

UCID alerta ao Governo para criar condições necessárias de trabalho à segurança privada

 

A UCID fez hoje uma declaração política no parlamento, alertando ao Governo de Cabo Verde que exerça a sua influência dentro do que estabelece o artigo 108 do Código Laboral, a fim de criar condições necessárias de trabalho para que os profissionais da segurança privada prestem um bom serviço à sociedade cabo-verdiana.

A Sessão Ordinária desta quinta-feira começou com uma declaração política da UCID, no qual falou sobre a segurança privada no país. Foi neste sentido que o seu líder, António Monteiro considerou a segurança privada como sendo uma componente essencial e complementar da função fundamental do Estado, que não obstantes ao limites impostos vem ganhando cada vez mais outras atribuições importantes para a securitização da sociedade cabo verdiana.

Assim sendo a fiscalização a cargo da autoridade pública e a respectiva regulação do exercício da actividade deve merecer por parte dos responsáveis uma maior atenção possível evitando deste modo quaisquer atropelo que possam colocar em risco a nobre tarefa da segurança privada.

Monteiro ainda destacou que as 18 empresas de segurança privada, bem como todos os seus colaboradores constituem um activo importante para a economia, emprego e um factor chave para a segurança nacional, desta feita a atenção do governo no sector em causa deve ser permanente, realça.

Segundo diz a UCID não entende como é possível existir empresas a operarem neste ramo de actividade sem estarem devidamente autorizadas criando disfuncionalidade.

A UCID acha estranho que das 18 empresas existentes somente oito tenham um acordo colectivo de trabalho que por sinal tarda em entrar em vigor. No entanto, o líder da UCID realçou que o Governo deve agir o mais rapidamente possível, criando as condições necessárias de trabalho para que os profissionais da segurança privada prestem um bom serviço à sociedade cabo-verdiana.

É de realçar que recentemente, os vigilantes das empresas de segurança privada convocaram uma greve, mas sem sucesso por causa da intervenção do governo.

 

 

 

 

Redação

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub