júlio

A ilha do Sal é uma das ilhas que tem apenas uma Freguesia, a de Nossa Senhora das Dores. A Câmara Municipal,  juntamente com o governo, quer transformar a ilha numa potencialidade turística a nível internacional. Júlio Lopes, candidato para a Câmara Municipal do Sal, aponta que para além do Turismo deve-se transformar a ilha num local inclusivo onde a prioridade seja os jovens e os idosos. O primeiro passo na gestão da câmara é mobilizar recursos, auscultar a população para ver as necessidades e as prioridades e depois implementar projectos.

Sal também tem recursos na área do mar e outros como a Agricultura e Pecuária. Sendo uma ilha cosmopolita em que a mão-de-obra vem de todas as ilhas de Cabo Verde a ilha terá de produzir para Cabo Verde, defendeu Júlio Lopes.

Por não possuir água potável a ilha conheceu o abandono até ao século XIX quando, a partir de 1833 se iniciou a exploração do sal, na localidade de Pedra de Lume. Essa actividade deu início ao povoamento. A exploração das salinas dinamizou a economia da ilha até meados da década de 1980. Com o objectivo de constituir um ponto de escala para os voos com destino à América do Sul, em 1939 foi construído, por iniciativa italiana, o "Aeroporto Internacional da Ilha do Sal".

Texto: Irina Rodrigues 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub