chefs de estado

O movimento para democracia entende que este orçamento merece a sua aprovação porque apresenta medidas de promoção dos investimentos e crescimento económico inclusive e sustentado. Já para os dois partidos da oposição o orçamento apresentado não responde às promessas de campanha

A presidente do paicv e líder da bancada parlamentar lançou um repto ao primeiro-ministro que tem só apenas mais três orçamentos para apresentar e os que foram apresentados não correspondem aos compromissos feitos com os cabo-verdianos durante a campanha.

A deputada vai mais longe e diz que este orçamento reflecte a maior partidarização alguma vez vista no país.

Por seu turno, a Ucid assevera que das medidas mais urgentes para o país, o governo resolveu esconder-se.

A questão do desemprego jovem é outra inquietação da ucid há vários anos e diz esperar pela posição do governo.

Já o MpD defende que o orçamento tem como prioridade o crescimento económico, a capitalização das empresas, maior alívio fiscal tributária entre outras

O debate em torno do orçamento iniciado esta segunda-feira termina amanhã.

 

Texto: Gabriel Vaz

 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub