herpes labial

Herpes labial é uma infecção viral e contagiosa nos lábios, na boca ou nas gengivas causada pelo vírus do herpes simples.

O Herpes labial é causado pelo vírus do herpes simples do tipo 1 (HSV-1) na maioria dos casos, mas o vírus do herpes simples tipo 2 (HSV-2) que é o principal causador do herpes genital, também pode provocar herpes labial. A infecção inicial pode não causar sintomas ou surgimento de bolhas na boca, porém a característica principal do vírus é permanecer em estado latente no tecido nervoso do rosto por tempo variado. A maior parte da população apresenta anticorpos contra o vírus e dificilmente apresentam sintomas clínicos. Em algumas pessoas, o vírus volta à activa e produz feridas recorrentes que aparecem geralmente no mesmo local.

Os medicamentos antivirais funcionam melhor se forem tomados quando o vírus estiver começando a voltar, ou seja, antes do aparecimento das feridas. Se o vírus voltar com frequência, pomadas antivirais tópicas podem ser usadas, mas devem ser aplicadas a cada duas horas. São várias as formas de contágio. Pode ocorrer por meio do contacto íntimo ou por meio do compartilhamento de objectos, como lâminas, toalhas, louças e outros itens que estejam infectados, desde que a pessoa seja susceptível ou tenha predisposição à doença. Ocasionalmente, durante o ato sexual, o contacto oral-genital pode espalhar o herpes para os órgãos genitais (e vice-versa).

Mas o herpes labial não tem cura definitivamente, no entanto há uma pomada para herpes labial e deve ser aplicada até 5 vezes por dia, durante 7 dias, na região afectada para reduzir os sintomas do herpes como bolhas, vermelhidão, dor e coceira.

Texto: Simónica Sanches

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub