casa degradada

Uma família, em Achadinha, cidade da Praia, mostra-se preocupada com a situação que vive, sendo que habita numa casa sem portas nem janelas e alguns quartos sem tetos ou quase a cair. Para agravar, recentemente, um dos quartos incendiou-se, queimando os pertences da referida família.

Verónica Spencer, mãe de quatro filhos menores, conta que há muito vivem nessa situação, e ultimamente um dos quartos incendiou-se, destruindo tudo o que se encontrava naquele espaço.

"Há muito tempo que vivemos nessa situação. Desde quando a chuva caiu, o teto de um dos quartos desabou e quase tirou a vida do meu irmão que se encontrava, em cima da casa quando esta caiu", conta Verónica, acrescentando que agora com outro quarto que foi consumido pelas chamas a situação fica mais "complexa."

Segundo a mesma, já pediram ajuda à Câmara Municipal da Praia, mas até, hoje, ainda não obtiveram nenhum apoio, em concreto, deste órgão executivo municipal. "Depois que entramos em contato com a Câmara Municipal da Praia, uma equipa veio e avaliou a nossa situação. Depois disseram-me para procurar uma casa, que Câmara iria arcar com as despesas de renda. No entanto, ninguém quer rendar a sua residência à Câmara Municipal."

Sendo assim, a mãe de Verónica, Natália Ramos Spencer, solicita ajuda aos cabo-verdianos, de materiais de primeira necessidade.

A nossa equipa de reportagem entrou em contato com a Câmara Municipal da Praia, mas a vereadora responsável pela área de habitação não estava disponível. Segundo informações, encontrava-se numa reunião a tempo inteiro com a equipa camarária.

 

Texto: Dilma Cardoso

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub