Ísis Pinto

A Câmara Municipal da Praia (CMP) confirma que a família de Achadinha, na cidade da Praia pediu ajuda de reconstrução da sua casa, e que este órgão executivo municipal propôs que procurassem uma moradia e que a Câmara iria arcar com as despesas de rendas, até uma solução futura.

 Depois de solicitar ajuda à Câmara Municipal, esta, juntamente com protecção civil foram verificar, in loco, a situação que se encontra família.

“No terreno verificamos que a casa não tinha condições, devido ao desabamento de um dos quartos, e o espaço que a família poderia morar. A protecção civil afirmou que não era seguro. Então nós propomos à família que procurasse uma casa, no valor máximo de 10 mil escudos, e que a Câmara Municipal iria arcar com as despesas da renda, até uma outra solução futura,” conta a Diretora de acção Social, Género e Educação pré-escolar CMP, Ísis Pinto.

No entanto, segundo Verónica Spencer, filha da Verónica Ramos Spencer, alguns proprietários “não querem rendar casa à família” e em outras moradias o preço é superior ao proposto pela edilidade. Nesse sentido, Ísis Pinto, disse que a equipa camarária vai entrar em contacto directo com os rendeiros, de forma a resolver esta situação.

De referir que, recentemente um dos quartos da casa, em Achadinha, incendiou-se e a família de Natália Ramos Spencer, perdeu a maioria dos seus pertences.

 

Texto: Dilma Cardoso

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub