policia

O relatório elaborado pelo Departamento de Estado norte-americano aponta falhas graves nos sistemas penal e policial cabo-verdianos.

“As autoridades civis, por vezes, não conseguiram manter um controlo efectivo das forças de segurança”, lê-se logo no início do relatório elaborado pelo Departamento de Estado dos EUA que destaca que os “problemas mais sérios relativos aos direitos humanos ocorreram em áreas como a sobrepopulação prisional, abuso infantil e violência e discriminação contra as mulheres”. Mas “a força excessiva contra pessoas presas e detidas pela polícia, o tráfico de pessoas, onde se inclui a exploração sexual, e o trabalho infantil forçado”, são outros dos problemas denunciados por aquele departamento da administração dos EUA.

O Departamento de Estado faz referência ao facto de o governo “ter tomado medidas” que permitiram a “acusação e punição de oficiais que cometeram violações de direitos humanos”, mas destaca igualmente que, apesar disso, “os processos foram morosos”. “A Polícia Nacional”, continua a pontar o relatório, “tomou medidas disciplinares contra agentes e oficiais que agiram fora da lei”. Mas o governo “menorizou ou desconsiderou os abusos policiais”, conclui o relatório.

 

Fonte: Expresso das Ilhas

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub