world bank 0

‘’Infelizmente C.V tem regredido 2 pontos aqui, 2 pontos acolá’’, essa é a afirmação do Ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves sobre a queda de quatro posições no Doing Business 2017, passando da 125 posição, que ocupava no relatório de 2016, para a 129 agora. O ranking é liderado pela Nova Zelândia, num total de 190 economias.

O relatório do Banco Mundial, lançado ontem, mostra que Cabo Verde apenas evolui 1 ponto nos quesitos “Paying Taxes” e “Getting Electricity”. De resto, nos outros itens, em análise, o cenário é pior. No acesso ao crédito, por exemplo, o país desceu nove posições na geral, enquanto no quesito de início de um negócio, descemos 11 posições na geral do ranking.

Derivado a isso, o governo mostra-se estar inconfortável. ‘’Infelizmente Cabo Verde tem regredido 2 pontos aqui, 2 pontos acolá’’, afirma José Gonçalves.

Questionado sobre o que pode ter levado a essa queda, o ministro diz: ’’Certamente deve ser porque ainda não temos uma lei das falências e insolvências, mas também tem a ver com as outras condições, acesso a electricidade, e seus custos também é um factor importante’’

Em termos da CPLP, Cabo Verde figura na terceira posição, precedido por Brasil na 123ªposição do ranking, e de Portugal na 25ª posição.

 

Texto: Simónica Sanches

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub