brazil

Manifestantes desceram às ruas no Rio de Janeiro e outras cidades brasileiras esta quarta-feira. Os manifestantes insurgem-se contra o plano de reformas do sistema de pensões apresentado pelo presidente Michel Temer. O governo defende que as reformas são necessárias a fim de controlar as despesas e as contas públicas, um passo essencial para colocar um ponto final na pior recessão em mais de um século.

Falando num comício em São Paulo, o antigo presidente Lula da Silva disse que os protestos vão continuar até à eleição de um presidente democrático e legítimo, uma referência ao processo que levou à destituição da antiga presidente Dilma Rousseff.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub