dilma roset

A presidente suspensa do Brasil, Dilma Rousseff, diz estar a ser vítima de um “golpe parlamentar” e pediu justiça ao Senado. Segundo o Euronews Dilma Rousseff decidiu fazer a própria defesa, na câmara alta do Congresso, num processo em que é acusada de editar créditos suplementares em 2015 e de usar dinheiro de bancos federais em programas do Tesouro, as chamadas “pedaladas fiscais”.

A sessão durou cerca de 14 horas e ao responder a 48 senadores, Dilma negou sempre ter violado a Constituição. Por isso, alega que este processo é uma tentativa de golpe de Estado.

Nas ruas, registaram-se manifestações de protesto, em várias cidades do Brasil, contra o afastamento da presidente com o mandato suspenso desde 12 de maio.

 Hoje o senado brasileiro o Senado retoma o processo. No final, caso seja considerada culpada por pelo menos 54 dos 81 senadores, Dilma Rousseff perde o mandato e fica impedida de ocupar cargos eletivos por oito anos.A presidente suspensa já manifestou que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal caso seja aprovado o processo de impeachment.

 

 Fonte: Euronews

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub