Ancara

Caracas está a ser palco de manifestações a favor e contra Nicolás Maduro.

A capital venezuelana assiste confrontos entre os opositores e os apoiantes de Maduro. A marcha da oposição levou cerca de um milhão de pessoas às ruas.

Aumenta a pressão sobre a comissão eleitoral para que o referendo à continuidade de Maduro seja organizado ainda este ano. Se só acontecer depois de 17 de janeiro e em caso de derrota de Maduro, em vez de haver novas eleições, é o vice-presidente Aristóbulo Istúriz que acede ao poder.

A vitória da oposição nas últimas eleições legislativas, que colocou os chavistas em minoria no parlamento, deu uma nova força aos opositores, que exigem a marcação de um referendo contra Nicolás Maduro. 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub