Capturar 2

 Noticiaram hoje os canais de televisão NTV e CNN-Turk. Um decreto-lei sobre o estado de emergência publicado no sábado na Turquia refere que o período de detenção dos suspeitos envolvidos na tentativa falhada do golpe de Estado de 15 de Julho pode prolongar-se até 30 dias.

Na sexta-feira, o ministro da Justiça turco admitiu estender por mais tempo o estado de emergência decretado na quarta-feira por três meses. O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou, também na sexta-feira, que 11 mil pessoas foram detidas devido a ligações com o golpe de Estado, que provocou 265 mortos. A organização de defesa dos direitos humanos Amnistia Internacional afirmou no domingo que reuniu "provas credíveis" atestando casos de tortura de presos nos centros de detenção na Turquia, após a tentativa de golpe de Estado.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub