itália

A Itália chegam milhares de migrantes e refugiados todos os dias. Só este ano o país já recebeu mais de 155 mil pessoas, mais do que em todo o ano passado, e o país disse que não pode voltar a receber tanta gente no próximo ano.

O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, pediu a solidariedade dos outros países da União Europeia e admitiu, numa entrevista à RAI, os fundos de Bruxelas para países que se recusem a ajudar a Itália e a Grécia, que acolheram centenas de milhares de migrantes nos últimos anos.

Bruxelas pediu ao Governo italiano para explicar a revisão em alta do défice nominal previsto para o próximo ano. Uma das razões apontadas por Roma é o fluxo de migrantes. Esta quarta-feira, a União Europeia começa a formar a Guarda Costeira da Líbia, no âmbito da operação Sophia, contra o tráfico de migrantes.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub