trump

O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, disse não ser possível "rever 650.000 correios electrónicos em oito dias", num comentário à decisão do FBI de manter a recomendação de a candidata democrata, Hillary Clinton, não ser processada.

Num comício no estado norte-americano do Michigan no domingo, Trump afirmou que a investigação sobre os emails' de Hillary Clinton "não vai desaparecer" e apelou à ida às urnas na terça-feira, dia das eleições presidenciais dos EUA, para acabar com "um sistema que protege Clinton e que rouba empregos e manda-os para o México".

Trump comentava assim à carta do diretor do FBI, James Comey, enviada no domingo ao Congresso, para informar de que a sua decisão de não processar Clinton não tinha mudado, depois de rever novos emails no computador de um dos assistentes da ex-secretária de Estado.

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub