logotipo tiver futuro

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

 

 Abrão Vicente

O Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente considerou ontem que a Fundação Amílcar Cabral tem materiais suficientes para criar um Centro Amílcar Cabral, que vai além do Museu, já existente na Cidade da Praia. Estas considerações foram feitas na sequência da visita que efectuou à sala de Museu de Amílcar Cabral.

Abraão Vicente salientou que ao fazer esta visita notou-se um esforço genuíno dos atuais membros para preservar a memoria de Amílcar Cabral. Segundo diz ainda que o país que se assume como independente, e com o orgulho que todos os cabo-verdianos o fazem, há que haver um projecto de museu que honre através do líder do movimento a memória da luta pela independência.

Segundo o mesmo há material suficiente para se fazer algo para além de um museu e criar algo à volta do que já existe no memorial do Amílcar Cabral; algo mais além, onde se pode expor todas as vertentes de Amílcar Cabral. Para isso há um trabalho a se fazer, sublinha.

Para além desses pontos, Abraão Vicente e o presidente da Fundação Pedro Pires reiteraram o compromisso em assinar um memorando de entendimento e de colaboração institucional entre a Fundação Amílcar Cabral e as instituições tuteladas pelo Ministério da Cultura para a inscrição dos escritos de Amílcar Cabral no Programa Memória do Mundo da UNESCO.

Por sua vez, o Presidente da Fundação Amílcar Cabral, Pedro Pires, acredita que este memorando abre novas possibilidades de colaboração entre a fundação, o ministério e as três instituições que estão a trabalhar neste processo.

Segundo o governante esta visita vem na sequência do encontro entre o Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas e o presidente da Fundação Amílcar Cabral, comandante Pedro Pires, que apresentou alguns projetos que tem em carteira para a aquela Fundação e para o museu que fica anexado à instalação da mesma.

 

 

 

Redação

 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub