banner m olympics

A Jornada Olímpica este ano irá contar com um novo programa, o M-Olympics, que segundo a Gestora deste projeto, visa promover a igualdade e equidade de género das mulheres no desporto, sendo que em Cabo Verde, as mulheres têm fraca participação a nível desportivo.

A Gestora do Projeto M-Olympics, Ivete Rosa, afirmou hoje que este novo projeto iniciou-se no Tarrafal e que está centralizado na ilha de São Nicolau. No entanto o projeto tem como objetivo promover a igualdade e equidade de género por parte das mulheres cabo-verdianas, para que elas tenham um destaque a nível do desporto.

“Este projeto decorre através de uma formação onde os participantes têm a oportunidade de trabalhar e trocar informações de temas virados ao desporto”, segundo Ivete Rosa.

Por considerar que em Cabo Verde as mulheres têm fraca participação a nível do desporto, a gestora do Projeto M-Olympics diz que o objetivo principal deste programa é fazer com que as mulheres consigam ter cargos de liderança no desporto.

A atividade central do Dia Olímpico terá lugar na ilha de São Nicolau, a 24 de junho com uma edição do programa M-Olympics, no estádio municipal da Ribeira Brava, a partir das 08:00 horas da manhã.

 

Texto: Eduardo Afonso

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub