logotipo tiver futuro

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

 

 Olavo Correia 20 anos

Cabo Verde e Portugal celebram hoje 20 anos da assinatura do acordo Cambial que passou a determinar a ligação da moeda nacional com a portuguesa por uma relação de paridade fixa. Duas décadas depois Governo faz balanço positivo e considera que o acordo constitui um elemento estruturante para a economia Cabo Verdiana. O Governador do BCV por seu lado, realça que Cabo Verde ganhou muito com o acordo no que tange a credibilidade e estabilidade da moeda.

Para celebrar o marco, o Banco de Cabo Verde, em parceria com o Ministério das Finanças, realizou o fórum de reflexão para aperfeiçoamento e aprofundamento do regime Cambial no país. O ministro das Finanças, Olavo Correia, assegura que os vinte anos da cooperação cambial constitui um momento importante para a economia cabo-verdiana, contudo é o momento de fazer o balanço consoante os desafios.

Segundo Olavo Coreia estes 20 anos serviram para fazer um balanço do que tem sido a implementação do acordo de cooperação cambial e reflectir sobre o seu mérito e futuro para identificar e avaliar as dificuldades que de uma forma de outra tem impedido a sua implementação plena.

Olavo Correia afirma que o balanço deve ser feito para avaliar as diversas modalidades de ligação monetária entre Cabo Verde e Portugal e Zona Euro, bem como reflectir as alternativas do fortalecimento desse enquadramento monetário e Cambial. Contudo este governante reafirma que vinte anos depois da assinatura deste acordo, a avaliação é muito positivo.

O Governador do banco Central, João Serra, por sua vez, sublinhou que com este acordo Cabo Verde ganhou a estabilidade e a credibilidade da política cambial, bem como uma maior simetria dos ciclos económicos da zona euro. A partir de agora conforme avançou João Serra, o essencial é reflectir eventuais vias de aprofundamento desse acordo estratégico.

O Fórum que decorreu na Praia teve também debates à volta dos temas como o regime Cambial em Cabo Verde, a situação actual e desafios, e vias de aprofundamento do acordo de cooperação cambial.

 

 

 

 

Redação

 

 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub