Fronta ka so agu ku lumi

O Leitorado do Brasil, em parceria com CCB e Embaixada do Brasil, lançou ao grupo teatral "Fladu Fla" um desafio de encontrar na obra Auto da Compadecida, do autor Ariano Suassuna, traços da cultura cabo-verdiana. O grupo aceitou o desafio, produzindo a peça "Fronta ka so agu ku lumi" que será apresentado, nesta quinta feira, pelas 18 horas na UNICV.

O responsável do grupo, Sabino Baessa, explicou que a peça tem como objectivo reunir os elementos tão comuns à realidade brasileira e cabo-verdiana.

Para este responsável, “a cultura brasileira é um prolongamento da cultura cabo-verdiana”

A referida peça, uma adaptação da obra Auto da Compadecida, de 1955, do escritor brasileiro Ariano Suassuna (1927-2014) cujo texto foi traduzido e moldado à realidade cabo-verdiana tem a duração de 50 minutos e conta com participação de 7 atores. Amanhã, quinta-feira, será apresentada no Campus Palmarejo – Uni-CV, 26 de maio | Palácio da Cultura Ildo Lobo e 24 de junho | Cidade Velha.

É de salientar que o programa do Leitorado é desenvolvido desde 2011 na cidade da Praia, com o intuito de divulgar a língua portuguesa e da cultura brasileira.

 

Texto: Simónica Sanches

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub