CABO VERDE DIVIDA PUBLICA

Os dados da Campanha para o Jubileu da Dívida (CJD) indicam que o número de países com crises de dívida subiu de 22 para 27 em 2016, e há mais 80 em risco de entrarem em crise. Cabo Verde e Angola estão em risco de sofrerem uma crise de dívida pública ou privada, enquanto São Tomé e Príncipe está entre os países que estão em risco de entrar em crise e o Brasil arrisca uma crise de dívida privada.

Para o economista da CJD Tim Jones “Em vez de resolverem estes problemas, instituições como o Fundo Monetário Internacional perpetuam estes problemas porque emprestam mais dinheiro a países em crise, resgatando financeiramente credores irresponsáveis, enquanto as pessoas sofrem.” Isto acontece segundo Tim Jones, “por causa do falhanço na criação de um processo justo e transparente de reestruturação da dívida para as dívidas públicas”, e depois porque “faltaram acções para fortalecer a regulação dos empréstimos bancários e os controlos nos movimentos financeiros transfronteiriços”.

Sendo assim o grupo defende para além da criação de uma lei que “responsabilize de facto os políticos pelas suas acções”, a protecção dos mais desfavorecidos e um compromisso sobre a manutenção da despesa pública destinada a programas sociais, “incluindo educação, saúde, água e agricultura”.

 

Fonte: Inforpress 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub