cvit3

“Nós temos relações estreitas com os países lusófonos, porque a China e a CPLP estão distante”, mas como afirma, essa distância não dificulta as oportunidades da cooperação nos próximos tempos.

Acrescenta ainda o vice presidente do CCPIT, que a África tem várias vantagens para os chineses, por isso é “importante este encontro” A China sendo a segunda maior economia mundial, “está aberta para o mundo” e vai continuar a crescer e ajudar o mundo, e a CCPIT continuará a fazer o possível para que as cooperações entre a China e os países lusófonos, diz.

Para terminar avança que espera que este encontro venha ser frutífero e cheio de sucesso.

 

Texto: Sidney Cardoso

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub