Dinheiro

A confiança das famílias cabo-verdianas diminuiu no terceiro trimestre de 2017, segundo o relatório divulgado hoje pelo Instituto Nacional de Estatísticas. Entretanto, quando comparado com o trimestre homólogo, do ano passado, nota-se uma estagnação, revela a mesma fonte.

Este resultado deveu-se à apreciação positiva sobre a situação financeira das famílias, situação económica do país e o desemprego no país para os próximos 12 meses relativamente ao trimestre homólogo, explica o documento. No que se refere à poupança, cerca de 79,3% dos cabo-verdianos inquiridos consideraram que com situação económica actual do país, não será possível poupar dinheiro.

Porém, 14,7% dos inquiridos afirmam ser possível poupar algum dinheiro com a actual situação económica do país sendo que, no trimestre homólogo esse valor era de cerca de 16,0%. Quanto às perspectivas de futuro para os próximos 12 meses, o relatório indica que tanto a situação financeira das famílias como a situação económica deverão evoluir positivamente face ao mesmo período do ano 2016.

Nota-se ainda que, tanto os preços de bens e serviços, como o desemprego, deverão diminuir quando comparados com o trimestre homólogo.

Fonte: A Nação 

 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub