logotipo tiver futuro

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

porto novo boa epoca

Os agricultores em quase todos os vales agrícolas no Porto Novo, Santo Antão, perspectivam “uma boa produção”, a partir de Fevereiro, de batata comum, apesar da seca que, em 2017, assolou, particularmente, este concelho santantonense.

Segundo os agricultores, foram asseguradas por parte do Ministério do Ambiente e Agricultura (MAA), algumas condições, sobretudo a nível de qualidade de sementes, que propiciem “uma boa produção” da batata comum, neste concelho. Em Martiene, o maior produtor de batata comum de Santo Antão, com uma produção anual de mais de um milhar de toneladas, os lavradores perspectivam “uma excelente colheita” deste produto, em 2018.

Da mesma forma, em Ribeira da Cruz, mais precisamente em Morro Cavalo, não obstante o “preço elevado de água”, os agricultores acreditam que a produção vai ser “favorável”. Em Ribeira dos Bodes, a cultura de batata comum parece estar garantida, já que a disponibilidade de água é assegurada através de três furos, dois dos quais equipados com sistema fotovoltaico, com vantagens para o custo de água.

Apenas em Ribeira das Patas, onde tem havido alguma escassez de água, os produtores antevêem “uma queda” na produção da batata comum, mas com a prevista intervenção em algumas captações, no quadro do programa de emergência para a mitigação da seca, é provável que o cenário mude.

Com as chamadas chuvas de inverno, registadas em Dezembro, perspectiva-se, também, alguma produção de batata comum no Planalto Leste, onde os agricultores já iniciaram a sementeira.

Fonte: INFORPRESS

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub