tiver natal

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

abrão vicente

O Ministro Abraão Vicente, em representação do Ministério da Família e Inclusão Social assinou, na manhã desta segunda-feira, um acordo de colaboração com as instituições religiosas de solidariedade social, no valor de 50 mil contos, no âmbito do programa de emergência para a mitigação da Seca e do mau ano agrícola.

O objetivo deste acordo, ora rubricado, conforme o Ministro da Cultura e Indústrias Criativas, Abraão Vicente, em representação da Ministra Maritsa Rosabal, assenta em 3 pilares importantes.

“Minimizar o problema de falta de água, garantindo o uso racional e a regularidade do fornecimento para famílias e as explorações e pecuárias; Garantir a capacidade produtiva de pecuária de ruminantes através da adequação dos efectivos aos recursos disponíveis, reforço da disponibilidade de alimentos e a manutenção do bom estado sanitário dos animais e Garantir o mínimo de rendimento às famílias agrícolas fortemente afectadas pelo mau ano agrícola através da criação de oportunidades de mais empregos, sobretudo no meio rural”. Com essa assinatura, segundo o governante, espera-se que os mais necessitados e afectados sejam amparados.

A representante das instituições religiosas de solidariedade social, Joana Brito, regozija com o feito e compromete em nome dos seus representados um trabalho árduo para combater esse fenómeno.0

Já que, como afirma, já há dinheiro para se chegar a todos os vales e ladeiras. “Este protocolo vai permitir-nos chegar aos vales, aos cutelos lá onde estão as famílias mais afectadas. Este protocolo veio em boa hora (…), Nós, vamos directamente as famílias porque nós já conhecemos essas famílias”.

Este é um complemento em termos de alimentos, água potável e algumas actividades de formação e sensibilização de como melhor gerir as situações como a seca e o mau ano agrícola. O presente protocolo entra em vigor de imediato e tem uma duração de 9 meses.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub