logotipo tiver futuro

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiver

elisio freire polemica prainha terrenos

O ministro dos Assuntos Parlamentares e da Presidência do Conselho de Ministros considerou, hoje, a polémica sobre o terreno vendido ao diplomata José Manuel Pinto Teixeira de “rumores e intrigas” contra Cabo Verde.

Segundo Fernando Elísio Freire, esta polémica atingiu de forma clara as instituições cabo-verdianas e os dirigentes, esperando esclarecimento à volta deste caso. Caso este que o presidente do conselho de ministros considera de “rumores e intrigas” contra Cabo Verde.

“Tratam-se de rumores e íntegras, mas Cabo Verde, como um país sério, constituído por cidadãos honrados, não se vai envergar ao que nenhuma entidade pode pôr em causa”, disse.

Realçou também que havendo dúvidas sobre a polémica que se instalou, a propósito da questão em apreço, a Câmara Municipal da Praia pode colocar à disposição dos cabo-verdianos todas as informações sobre a mesma.

Quanto às declarações da eurodeputada Ana Gomes, Fernando Elísio Freire não comentou, dizendo apenas que  “Cabo Verde é um país credível, com homens e mulheres honrados, que precisa da parceria de todos, mas que não vende os seus valores”.

É de recordar que a polémica deve-se ao facto do ex-representante da União Europeia em Cabo Verde, no fim da missão, ter recebido, supostamente da Câmara Municipal da Praia, um lote de terreno de 960 m2, na zona nobre da Prainha, para uso pessoal.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub