greve

A UNTC-CS pronunciou-se hoje sobre a greve que foi convocado pelo SICOTUR, a greve dos trabalhadores de Electra no Sal de 30 de Dezembro a 2 de Janeiro que anulado pelo governo.

A requisição civil vem sendo utilizada pelos sucessivos governos como de anular os efeitos das greves dos trabalhadores cabo-verdianos, afirma a Secretária-geral da UNTC-CS.

Joaquina Almeida adiantou que a UNTC-CS apresentou várias queixas junto a OIT e esta, por sua vez, emitiu recomendações ao governo, no sentido de se alterar a lei da greve e da requisição civil no país e criar uma comissão independente permanente.

Esse organismo independente deve ser uma comissão independente permanente nacional constituída por iniciativa do sindicato ao mais alto nível, deve ser também acatada e respeitada por todos como se fossem proferidos pelo tribunal.

O central sindicar propôs a alteração da lei da greve e da requisição civil devido ao processo de revisão do código laboral aberto pelo governo em Março de 2014.

A UNTC-CS vai apresentar em breve uma queixa à Organização Internacional dos Trabalhadores, sobre a questão dos trabalhadores da Electra no Sal que vai, de novo, fazer um pré-aviso de greve.

 

Texto: Irina Rodrigues

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub