logo natal

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiver

Julião Varela

O Porta-voz do PAICV, Julião Varela declarou hoje numa conferência que o MPD fez um desvio total dos compromissos no sector da Educação. Inclusive falou que CV tem um Ministério de Educação “desnorteado” e “descompassado” com o programa do governo.

 Segundo Julião Varela, nos dois orçamentos de Estado, que cobram cerca de 20 meses de governação, nota-se um “desvio total” em relação aos compromissos que o Movimento para a Democracia havia assumido para com os cabo-verdianos, durante a campanha eleitoral.

Nesse sentido apontou alguns exemplos de promessas não cumpridas, “a isenção do pagamento de propinas até ao 12º ano”, que na sua opinião, “não aconteceu em 2016 e não acontecerá em 2017 e nem nos primeiros meses do ano lectivo 2017/2018, porque não está no orçamento a verba substitutiva para o funcionamento das escolas”.

Avançou ainda que a garantia da frequência do pré-escolar para todas as crianças dos 4 aos 6 anos caiu no “esquecimento”.

Para este dirigente, CV está com um Ministério de Educação “desnorteado” e “descompassado” para com o programa do governo.

Julião Varela, declarou que em vez de motivação dos professores, o que se viu foi a queda do acordo anterior que consistia em resolver no ano de 2016 todas as progressões em atraso.

É de realçar que o grupo parlamentar do PAICV já fez um pedido de interpelação ao Governo sobre o sector da Educação.

 

Texto: Simónica Sanches

 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub