Brasil Dilma Rousseff e Lula da Silva acusados de organização criminosa

Os antigos presidentes do Brasil, Lula da Silva e Dilma Rousseff, foram acusados de organização criminosa e de desvio de fundos da petrolífera brasileira, Petrobrás, no âmbito do caso Lava-Jato. Lula e Dilma já afirmaram que a acusação deduzida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) não tem fundamento.

A PGR acusou ainda os ex-ministros Antonio Palocci, Guida Mantega e Paulo Bernardo; a presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann e o marido, e os ex-tesoureiros do PT João Vaccari e Edinho Silva. Mas as acusações de corrupção atingem também elementos ligados ao atual presidente Michel Temer.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub