França Confrontos nos protestos contra a reforma laboral de Emmanuel Macron

Os protestos contra a nova reforma laboral, anunciada pelo presidente francês, Emmanuel Macron, degeneraram, esta terça-feira, em confrontos com as forças da autoridade, em Paris. As autoridades relataram que um grupo de cerca de três centenas de pessoas encapuzadas provocaram distúrbios e três foram detidas.

Alguns feridos foram encaminhados para os hospitais. Milhares de trabalhadores acudiram ao repto lançado pela Confederação Geral do Trabalho e marcharam contra aquilo que dizem ser a destruição da lei do trabalho em França, escreve a Euronews. No entanto, por todo o país registaram-se 180 protestos espalhados por Paris, Marselha, Lyon e Nantes.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub