logo natal

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiver

temer

O presidente brasileiro responde às novas acusações de corrupção vindas do procurador-geral do país, ao considerar “absurdas” as denúncias de obstrução à justiça e liderança de uma organização criminosa. 

Num comunicado publicado ontem, Michel Temer, afirma que Rodrigo Janot, “prossegue com a sua marcha irresponsável para encobrir os seus erros”. 

O Supremo Tribunal vai agora debruçar-se sobre os novos elementos, quando outras seis pessoas próximas do chefe de Estado, entre as quais dois ministros do governo, são igualmente acusadas de formarem uma rede de corrupção que teria desviado cerca de 158 milhões de euros de empresas e organismos públicos.

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub