amazonia temer revoga mineracao

A reserva na Amazónia ameaçada por uma exploração está, aparentemente, salva. O presidente brasileiro Michel Temer revogou o decreto assinado em agosto que permitia a exploração por parte de empresas mineiras. A chamada Reserva Nacional de Cobre e Associados cobre uma área de mais de 47 mil quilómetros quadrados, uma extensão superior à da Dinamarca.

Temer assinou já um novo decreto que anula o primeiro e a medida entrou em vigor esta terça-feira. É uma boa notícia para as comunidades indígenas a viver na área, que enfrentavam um futuro incerto caso se confirmasse a extinção da reserva. A pressão da opinião pública e de ONG como a Greenpeace contribuiu para a decisão agora anunciada.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub