parlamento europeu

A União Europeia apoia o governo de Espanha, mesmo se considera que o recurso à violência no referendo da Catalunha terá sido excessivo.  

Esta a conclusão de uma conversa telefónica mantida esta segunda-feira entre o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, o presidente do conselho europeu, Donald Tusk, e o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy. Juncker teria ainda voltado a apelar ao diálogo como forma de resolver o impasse político.

Por seu lado, numa mensagem deixada numa rede social, Donald Tusk apelou à busca de formas de evitar o recurso à força.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub