Um máximo de 200 mil imigrantes por ano

A líder da CDU, que venceu a eleição legislativa, alcançou com o líder dos democratas cristãos da Baviera, a CSU, um acordo sobre as quotas de imigração. No âmbito deste acordo, que deverá segundo a imprensa alemã, ser apresentado esta segunda-feira, o teto da imigração no país fica fixado em 200 mil pessoas por ano, pedidos de asilo incluídos.

Mas as negociações entre as duas forças englobam outras medidas políticas e estão longe de estarem concluídas. Um trabalho que ainda pode durar meses e que começa a preocupar os investidores, que temem uma estagnação da maior economia da zona euro.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub