portugalincendios

Até quinta-feira, o Exército português vai realizar cerca de 70 patrulhas de vigilância e dissuasão de incêndios em 15 distritos. O anúncio surge um dia depois de o Governo ter apresentado um conjunto de medidas de combate aos fogos e de os portugueses terem saído à rua para dizer basta.

Para impedir que situações como as que ocorreram em Pedrógão Grande, em junho, e mais recentemente na zona centro e norte do país se voltem a repetir, o executivo de António Costa decidiu reforçar o papel das Forças Armadas no apoio de emergência e ao nível do patrulhamento.

Já a gestão e a operação dos meios vão ficar sob alçada da Força Aérea. Também, a Autoridade Nacional de Proteção Civil e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas vão contar com um reforço de meios. Este ano, os fogos em Portugal provocaram mais de 100 mortos.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub