estadoislamicosiria

À medida que avança a reconquista do território sírio caído nas mãos dos jihadistas do Estado Islâmico (EI) vão sendo reveladas as atrocidades cometidas sobre as populações civis. 

Na província de Homs, em Qaryatayn, pelo menos 60 civis terão sido mortos nos dias antes da chegada das forças sírias e 100 estão desaparecidos, suspeitando-se que terão sido assassinados ou sequestrados.

De acordo com a Euronews, testemunhas referem que só nas 48 horas antes da chegada do exército sírio foram mortas 48 pessoas, acusadas de serem agentes do regime. 

A cidade está em ruínas, as infraestruturas estão destruídas. O governador pede ajuda urgente para 4000 pessoas.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub