facebookexpoerussia

Segundo Colin Stretch, responsável da rede social, os conteúdos promovidos por Moscovo terão atingido cerca de 120 milhões de americanos, ao longo de um período de dois anos, através da partilha de mais de 80 mil publicações tendencialmente favoráveis a Donald Trump.

As contas que emitiram as informações foram fechadas e o Facebook está agora a tentar perceber como é que a sua plataforma foi manipulada. Ao todo, estima-se que essas publicações terão alcançado potencialmente metade do eleitorado americano.

Representantes do Facebook, Twitter e Google vão por estes dias depor perante o Congresso americano. Por seu lado, Moscovo continua a rejeitar liminarmente qualquer interferência durante a campanha que culminou na vitória de Trump.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub