trumpquerpazatravesdaforca

O conflito com a Coreia do Norte continua na ordem do dia no périplo asiático de Donald Trump e o presidente dos Estados Unidos não abdica de marcar uma posição de força.

Esta quarta-feira o norte-americano dirigiu-se à Assembleia Nacional da Coreia do Sul e endureceu o discurso de que o mundo não pode tolerar o perigo de um regime que ameaça com devastação nuclear.

Trump avançou que as nações responsáveis devem unir forças para isolar o brutal regime norte-coreano. Apesar de não constar na agenda oficial, Donald Trump tinha ainda prevista uma visita surpresa à Zona Desmilitarizada mas o nevoeiro obrigou uma mudança de planos.

Depois de Japão e Coreia do Sul, o presidente dos Estados Unidos tem como próximo destino a China.

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub