logo natal tiver fina0

 

 

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

deslocados

Os conflitos e os desastres naturais foram responsáveis por mais de 30,6 milhões de deslocados internos em 2017, indica um relatório conjunto de duas organizações não-governamentais internacionais, divulgado hoje em Genebra.

No documento, o Centro de Monitorização de Deslocados Internos (IDMC) e o Conselho de Refugiados Norueguês (NRC) realçaram que o total de deslocados internos é o equivalente a mais de 80 mil deslocados por dia.

Nos pontos-chave do Relatório Global sobre Deslocados Internos (GRID 2018), os autores indicam que 11,8 milhões de pessoas tiveram de abandonar a zona de residência devido a conflitos e à violência, quase o dobro do número registado em 2016 (6,9 milhões).

Devido aos conflitos, a África Subsaariana contou com cerca de 5,5 milhões de deslocados internos, seguida pelas regiões do Médio Oriente e África do Norte, com 4,5 milhões.

Com estes novos dados, o total acumulado de deslocados internos em todo o mundo apenas devido a conflitos e atos de violência subiu para perto de 40 milhões de pessoas. O relatório indica que, em 2017, os desastres naturais provocaram 18,8 milhões de deslocados internos em 135 países, 8,6 milhões deles devido a inundações e 7,5 milhões por tempestades, sobretudo por ciclones tropicais.

Os países mais afetados foram a China, com 4,5 milhões de deslocados internos, as Filipinas, com 2,5 milhões, Cuba e Estados Unidos, ambos com 1,7 milhões, e Índia, com 1,3 milhões.

 

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub