logotipo tiver futuro

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

trump e obama trocam acusações

Donald Trump critica os países da América Central por não terem parado as caravanas de migrantes. O Presidente norte-americano ameaça com cortes à ajuda financeira e frisa que a Casa Branca não está a brincar.

Por seu lado, Barack Obama acusa o seu sucessor de golpe político, ao ter enviado as tropas para a fronteira com o México. O ex-Presidente acusa os republicanos de estarem a tentar culpabilizar os refugiados com os problemas do país.

Na passada semana contactei o nosso exército. Não estamos a brincar, pessoal. Ao vermos o que vem aí, é uma invasão. É uma invasão”, afirmou o presidente norte-americano num comício na Georgia. Donald Trump alertou para o facto de estar “muita cosa a acontecer”. “E façam a pergunta: como acham que tal surgiu?

Viram a segunda caravana? E nós pagamos a esses países, às Honduras, a El Salvador. Pagamos a esses países centenas de milhões de dólares, o que é algo que vamos travar muito em breve”, acrescentou.

Aos apoiantes, Trump voltou a frisar que a caravana de migrantes que está a centenas de quilómetros das fronteiras dos Estados Unidos com o México representa uma ameaça para o país. Segundo Trump esses países “não fazem nada. Barack Obama, ex-presidente dos Estados Unidos, acusa os republicanos de golpe políticos.

“Agora, duas semanas antes destas eleições, dizem-nos que a única ameaça mais grave para a América é um bando de refugiados pobres, falidos e esfomeados que está a 1.600 quilómetros de distância”, afirmou Obama num comício em Indiana. Nos seus discursos nos Estados de Indiana e do Illinois, Obama acusou os republicanos por “mentir descaradamente, repetidamente e sem rodeios”.

 

Fonte: Euronews

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub