logotipo tiver futuro

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

rep centro africana onu

Cerca de dois milhões dos 4,6 milhões de habitantes da República Centro-Africana (RCA) precisam de uma "acção alimentar urgente", alertou a Organização das Nações Unidas, em comunicado do Programa Alimentar Mundial (PAM) sobre a situação neste país.

Um estudo sobre a segurança alimentar na RCA em Setembro apresentou mesmo “os piores resultados desde 2014, com 1,9 milhões de pessoas a precisarem de uma ação alimentar urgente”, advertiu o porta-voz do PAM, Hervé Verhoosel. Para quem, para evitar uma tragédia humana” é precisa uma “atenção” e uma “acção”, acentuou. “As condições nutricionais na RCA continuam a deteriorar-se, devido à insegurança persistente”, declarou Hervé Verhoosel. No início de Novembro, verificou-se uma nova onda de violência, com incidentes em Batangafo, no norte, Bambari, no centro, e Zémio, no sudeste, obrigando milhares de civis a fugir.

Dos 620 mil deslocados, 60% vivem em famílias de acolhimento, detalhou o PAM, sublinhando que “a deterioração contínua de uma situação já extremamente grave no terreno tem uma implicação direta sobre a segurança alimentar”. Portugal participa na missão da ONU no país (MINUSCA), que é comandada pelo tenente-general senegalês Balla Keita, o qual já classificou as forças portuguesas como os seus ‘Ronaldos’.

 

 

Fonte: Sapo Noticias

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub