LUIZ FILIPE 04

O chefe da diplomacia cabo-verdiana disse hoje em Lisboa que Cabo Verde quer que a sua presidência da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) seja marcada pela agenda cultural e por "avanços concretos" nas questões da mobilidade.

Luís Filipe Tavares disse no final de um encontro com a secretária executiva da Comunidade, Maria do Carmo Silveira, na sede da CPLP em Lisboa que querem que a presidência tenha uma componente cultural muito forte. Diz ainda que a cultura será o tema central da presidência de Cabo Verde, mas também as questões da mobilidade, da cidadania e a promoção da língua portuguesa.

Luís Filipe Tavares manifestou o desejo de Cabo Verde "conseguir avanços concretos" na questão da mobilidade, no quadro da proposta luso-cabo-verdiana, concretizando que "tem que haver, mais cedo ou mais tarde, a livre circulação de pessoas e bens no seio da comunidade".

Este diplomata afirmou também que a questão da mobilidade é extremamente importante, pois o mundo caminha para mais mobilidade e mais intercâmbio entre os povos.

Maria do Carmo Silveira confirmou, por seu lado, que a CPLP se prepara para enviar uma missão de observadores às eleições angolanas, que decorrem em 23 deste mês.

 

Texto: Redacção 

Fonte: Notícias ao Minuto  

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub