logotipo tiver futuro

 

 

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

 

 Carlos Moedas UE quer mais cientistas cabo verdianos em projetos europeus

O comissário europeu Carlos Moedas anunciou esta quarta-feira, na cidade da Praia, que os cientistas cabo-verdianos vão poder participar em programas de investigação da União Europeia (UE), normalmente definidos para os Estados-membros, cujo financiamento não tem, para já, qualquer limite.

Um dos momentos altos desta visita de três dias a Cabo Verde de Carlos Moedas é a assinatura de um protocolo, através do qual os cientistas cabo-verdianos vão poder participar em projetos de investigação em instituições europeias e os cientistas europeus participar em projetos no território cabo-verdiano.

O encontro serviu para “capacitar investigadores cabo-verdianos para a participação em projetos europeus ligados à investigação”.

Carlos Moedas explicou que a União Europeia tem quatro projetos com Cabo Verde, através dos quais cinco cientistas têm bolsas da Europa para estudar, viver ou colaborar.

Para já, não há um limite de vagas para os cientistas que decidam candidatar-se aos projetos e nem para a verba do programa: “Não queremos um limite. Queremos que a participação de Cabo Verde aumente” diz Carlos Moeda.

Atualmente, Cabo Verde usufrui de uma verba de 250 mil euros para o programa de ciência. “Queremos ter a ambição de, pelo menos, duplicar. Se triplicarmos, melhor ainda”, disse.

 

 

 

Fonte: A Nação

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub