logotipo tiver futuro

 

 

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

 

 Abraão Vicente

Através de comunicado, e na sequência da polémica sobre a retirada dos quadros do artista plástico Tchalê Figueira da exposição patente na Assembleia Nacional (AN), devido ao seu teor erótico, a administração da AN justifica a decisão de retirado dos quadros, com o facto da programação do evento incluir visitas de algumas escolas secundárias da cidade da Praia.

“Considerando que o evento do Dia da Liberdade e da Democracia previa o acolhimento de 12 Escolas Secundarias da Praia, constituídas na sua maioria por crianças e adolescentes, a administração da ANCV entendeu que o conteúdo dos dois quadros continha elementos sensíveis que, eventualmente, pudessem ferir a sensibilidade e a capacidade de interpretação das crianças e dos adolescentes”, lê-se no documento.

As obras estavam entre dezenas de outras, numa exposição colectiva, no hall da Assembleia Nacional, realizada por ocasião do dia da Liberdade e da Democracia, que decorre até dia 31 de Janeiro, numa parceria entre Assembleia Nacional, e o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC), através da Direcção Geral das Artes.

No documento, a administração da AN lamenta o sucedido e afirma que não analisou previamente o conteúdo dos quadros.

Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente reagiu ao sucedido defendendo que “as instituições devem preparar-se para aceitar de forma aberta todas as formas de manifestação artística”.

 

 

 

Fonte: Expresso das Ilhas

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub