b0190d0d1b96fdee09dd2a864d50479d XL

O Ministério da Saúde e da Segurança Social realiza, esta segunda- feira, 04, uma reunião para, entre vários propósitos, apresentar a situação epidemiológica do Paludismo na Praia, referente ao ano de 2017, analisar o plano de intervenção e discutir as propostas de interferência.

Este encontro, segundo uma nota, surge num momento em que o Ministério da Saúde e Segurança Social registou uma situação de “surto epidémico de paludismo na Cidade da Praia” que se iniciou em julho de 2017, com 123 casos autóctones e 4 importados até 30 de agosto de 2017.

Os casos reportados originam de quase todos os bairros periféricos, sendo o maior número registado, até agora, na Várzea (20 casos), Achada de Santo António (14 casos), Achadinha (11 casos), Ponta Belém (09 casos), e Lém Ferreira (06 casos). O encontro vai ser presidido pelo Primeiro-Ministro, José Ulisses Correia e Silva.

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub