logotipo tiver futuro

banner Tiverbanner Tiverbanner Tiverlivetvtiver

comandante da Guarda Costeira

 

O comandante da Guarda Costeira (GC) considerou ontem, 11, no Mindelo, que Cabo Verde e as Forças Armadas devem voltar-se “cada vez mais” para o mar como “espaço de oportunidade” que se abre ao arquipélago.

O comandante de navio Pedro Santana, que discursava ao início da noite de ontem, no Mindelo, nas actividades centrais da celebração do 25º aniversário da Guarda Costeira, concretizou que a geografia “exige essa viragem” e, para tal, concretizou, também que Cabo Verde pode contar com a GC.

Mas conforme sublinhou, o Estado deve dar prioridade ao mar, garantindo a sua “boa governança”, para não se duplicarem capacidades para as mesmas tarefas nem se desperdicem recursos.

Pedro Santana, na presença do ministro da Economia Marítima, José Gonçalves, e do secretário de Estado Adjunto, Paulo Veiga, aproveitou para pedir a revisão do modelo da autoridade marítima em Cabo Verde para um outro que confira ao Estado no mar a “necessária união de esforços” e a utilização “criteriosa, racional e inteligente” dos recursos humanos e materiais disponíveis.

 

 

 

Fonte: Sapo.cv

 

Pub

  1. NOTÍCIAS »
  2. Destaques
  3. Recentes

Pub