74 PROJECTOS CONTEMPLADOS NO ÂMBITO DO EDITAL FOMENTO À CRIAÇÃO ARTÍSTICA NACIONAL

No âmbito do Edital Fomento à Criação Artística Nacional para o Ano Económico 2022, cujo intuito é financiar criações artísticas e culturais vindas da sociedade civil e criadores, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas contempla 74 dos 206 projectos submetidos, sendo a maioria de iniciativa pública.

O Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Cultura e das Indústrias, lançou para o Ano Económico 2022 o Edital Fomento à Criação Artística Nacional, o primeiro da X Legislatura, que visa financiar os projectos/criações de artistas e criadores residentes no território nacional.

No total, foram submetidos 206 projectos, dos quais, para esta primeira fase, apenas 74 seleccionados, sendo todos eles relativos à criação de uma agenda cultural nacional, posteriormente gerida pela Direcção Geral das Artes e das Indústrias Criativas (DGAIC).

A ilha com maior entrada de projectos foi Santiago, um total de 86, sendo a segunda a ilha de São Vicente, com 53 projectos, seguida de Santo Antão com 31 e da ilha do Maio com 25. Da ilha do Sal deram entrada 4 projectos, de São Nicolau 2 e Fogo e Ilha Brava ambas com 2 projectos cada, enquanto da ilha da Boa Vista não se registou nenhuma candidatura. Da Diáspora foi submetido apenas 1 protejo (Portugal) de imediato excluído, por este edital priorizar apenas os criadores residentes em Cabo Verde.

O edital foi lançado no dia 3 de Fevereiro e encerrado a 3 de Março de 2022, seguindo critérios de candidatura para selecção dos projectos a serem executados em Cabo Verde, todos relacionados à cultura e às indústrias criativas.

De realçar que no âmbito do presente edital, os 206 projectos submetidos representam um total de mais de 38.950.000,00 ECV (trinta e oito milhões e novecentos e cinquenta mil escudos cabo-verdianos).

Fonte: Governo // Redacção Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.