ANGOLA MANIFESTA PREOCUPAÇÃO COM CONFLITO ENTRE RÚSSIA E UCRÂNIA

O executivo angolano está a acompanhar de perto o conflito entre a Rússia e a Ucrânia e já manifestou a sua preocupação, exortando Kiev e Moscovo a resolverem os seus problemas pela via do diálogo.

O conflito militar entre a Rússia e a Ucrânia está a ser acompanhado pelos angolanos, tendo em conta os laços de cooperação estratégica entre Luanda e Moscovo e as recentes relações político-diplomáticas com Kiev.

O governo angolano, através de uma nota de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, manifestou a sua preocupação em relação o conflito, que envolve os dois países.

Na mesma nota, o governo angolano exorta a Rússia e a Ucrânia a estabeleceram o diálogo como via para solução do conflito, com base na Carta das Nações Unidas e respeito do Direito Internacional.

Também os partidos políticos da oposição manifestaram preocupação em relação à guerra entre a Rússia e a Ucrânia, condenando a agressão de Moscovo a um país soberano, numa clara violação da Carta das Nações Unidas e do Direito Internacional.

O governo angolano está a preparar diligências para garantir a segurança dos cerca de 160 angolanos que vivem na Ucrânia, na sua maioria estudantes.

Fonte: Rfi / Redação TIVER

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.