BANCO MUNDIAL APOIA RECUPERAÇÃO ECONÓMICA DE CV

O Banco Mundial aprovou, um crédito da Associação Internacional de Desenvolvimento no montante de 30 milhões de dólares americanos para o Projecto de Desenvolvimento Resiliente do Turismo e Economia Azul em Cabo Verde, com a duração de cinco anos. Será concedido um co-financiamento complementar de 5 milhões de dólares através de uma subvenção do Programa Global para o Fundo Fiduciário Multidoadores da Economia Azul.

O projecto proposto apoia a visão e estratégias nacionais – nomeadamente o Programa Operacional do Turismo e o Plano Nacional de Investimento para a Economia Azul – para promover o turismo sustentável e a conservação dos recursos naturais com benefícios para as comunidades locais.

O projecto irá assim contribuir para objectivo críticos, nomeadamente a melhoria sustentável da diversidade da oferta do sector turístico em mais ilhas e segmentos de mercado, bem como permitir uma maior participação e ligações das comunidades locais nos dividendos económicos que advêm do turismo.

Nesta primeira fase, as intervenções integradas e transsectoriais do projecto abrangerão destinos em quatro ilhas (Santiago, Santo Antão, São Vicente e Sal), incluindo: i) o desenvolvimento de infra-estruturas resilientes de turismo e economia azul, ii) apoio ao sector das PMEs locais e empresas lideradas por mulheres no fornecimento de serviços e produtos sustentáveis, orientados para a procura actual da cadeia de valor turística, e aproveitando em particular o potencial associado à economia azul em Cabo Verde; e iii) apoio a um quadro de políticas públicas conducentes e facilitadoras.

Fonte: BMCV // Redação Tiver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.